O Reino Perdido – Porque Projetos Falham

[dailymotion id=xb6hnk]

Tragam a pipoca e o refrigerante caros leitores, relaxem e assistam 20 minutos de diversas formas de como um projeto pode ir para o buraco.

Na sua opinião, qual foi o pior erro? Comentem!

Edit: Ok, o filme ficou com uma péssima sincronia de audio/video depois do upload pro dailymotion, então segue um link para download.

Leia também:

Por que projetos falham?
Por que Projetos Falham: 20 Dicas para Gerentes de Projetos

Diego Nei, MBA, PMP®

Diego Nei, MBA, PMP®

Consultor em Gerenciamento de Projetos e Processos. Bacharel em Relações Internacionais, MBA em Gestão de Projetos, Certificado PMP, com domínio de MS Project 2007/2010. Atuação em projetos de porte pequeno e médio em diversas áreas, principalmente no desenvolvimento de treinamentos, implementação de metodologias e acompanhamento de projetos.

6 comentários em “O Reino Perdido – Porque Projetos Falham

  • 15 de fevereiro de 2010 em 09:45
    Permalink

    Gostaria de receber os comentarios

    Att

    Ronaldo Castro

    Resposta
    • 15 de fevereiro de 2010 em 12:20
      Permalink

      Caro Ronaldo,

      Obrigado por ler e comentar!
      Os comentários sobre o filme (e todos os problemas daquele projeto) saem ainda este mês!
      Recomendo assinar o newsletter, para garantir que não perca o post!

      Abraços,

      – Diego Nei

      Resposta
  • 4 de março de 2010 em 10:55
    Permalink

    Pelo que pude perceber os erros foram os seguintes:
    Na digitação a secretária desviou a atenção com a chegada de alguém e omitiu um zero.
    Não houve verificação e aprovação do documento.
    Por erro de endereço o memorial foi enviado com tempo exíguo para o executor da próxima tarefa.
    Os calculistas não validaram os inputs críticos para cálculo e nem apresentaram os dados para nova validação ou atualização antes da aprovação do projeto final
    A estagiária identificou problema, mas por falta de cultura da participação em todos os níveis gerenciais ela não levou o assunto adiante.
    O responsável pelo memorial foi alertado, mas por arrogância deixou de ouvir e verificar a informação.

    Resposta
    • 4 de março de 2010 em 16:04
      Permalink

      complementando a estagiária de orçamentos ligou para tentar alertar sobre a taxa, mas do outro lado quem recebeu a ligação não anotou quem ligou, num tel, e ela acabou não sendo contatada.
      Na entrega do memorial ao calculista, alguem ligou para o boy desviando-o do compromisso da entrega e assim o documento náo chegou na hora combinada.

      Resposta
  • 29 de dezembro de 2010 em 19:04
    Permalink

    Foi o descomprometimento e a desvalorização com os passos do projeto. Se cada processo levasse a devida atenção não passaria um til fora do lugar. Isso mostra a visão da empresa que levou o projeto a frente. Não era uma empresa tão séria pelo visto.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *