Por que Gerenciamento de Projetos?

Fases de um Projeto
Fases de um Projeto – Click para ampliar

Hoje eu não vou falar de escopo, riscos, prazos, nem de outras dez áreas de conhecimento. Não vou falar de PMBoK, PMI ou certificações. Muito menos de CMMI, Prince2, Six Sigma ou outras metodologias. Estamos tão acostumados a pensar em gerenciamento de projetos e a falar da mecânica do gerenciamento que esquecemos do motivo que nos levou a implementar toda essa loucura. Hoje eu vou falar disso, de por que toda empresa deveria aplicar as melhores práticas (ou alguma prática) de gerenciamento de projetos no seu dia a dia. Continue lendo “Por que Gerenciamento de Projetos?”

Resoluções de Ano Novo – Da Forma Certa!

Resoluções
Resoluções

Já percebeu como as pessoas fazem resoluções de ano novo só para abandonar as mesmas não muito tempo depois? Todo mundo quer emagrecer, entrar na academia, ficar sarado… Trocar de emprego, de carro, de casa, de vida, de marido… Ir onde nunca foi, fazer o que nunca fez, comer o que nunca comeu, ver o que nunca viu… Mas quase ninguém dá cabo da lista. Todo mundo acaba deixando as resoluções (inacabadas, diga-se de passagem) de lado em algum ponto do ano (bem no inicio se for academia e regime!).

Mas como bom gerente de projetos que sou, perguntei: “E como resolvemos isso?” A resposta óbvia é utilizando gerenciamento de projetos! Mas nada rebuscado como longas análises de riscos e gráficos de Gantt. Veja como o básico do gerenciamento de projetos pode lhe ajudar a chegar em 2015 sem nenhuma pendência na sua lista de resoluções de ano novo!
Continue lendo “Resoluções de Ano Novo – Da Forma Certa!”

Stakeholders – O Túnel do Tempo

Assita no DailyMotion: Stakeholders – Túnel do Tempo

No fantástico e improvável cenário de uma instalação secreta do governo norte-americano, dedicada à incrível tarefa de criar uma máquina do tempo, uma cena muito comum na rotina de gerentes de projeto pelo mundo a fora: ter que lidar com os stakeholders. Nos trechos do primeiro episódio da série, você pode ver como o gerente de projetos, o especialista e o patrocinador (representando o cliente) interagem sobre as expectativa do projeto.

E você? Como lidaria com uma situação do tipo? Deixe um comentário! Até a próxima!

Escopo e Requisitos

Na mosca!
Na mosca!

Qual a diferença entre escopo e requisito?

O escopo é aquilo que deve ser feio/entregue/criado. O escopo de um produto é a descrição do que se espera que o produto seja. O escopo do projeto é a descrição do que se espera que o projeto faça (normalmente, que entregue o escopo do produto!). Continue lendo “Escopo e Requisitos”

10 Dicas para Coleta de Requisitos

Na mosca!
Na mosca!

Os requisitos do projeto são uma parte de fundamental importância para a definição não só do escopo, mas também dos objetivos do projeto. Quando os requisitos não são claros, a chance do projeto não ter sucesso ou ter apenas sucesso parcial (por que deixou de atender a necessidade do cliente, por exemplo) é muito maior. Os requisitos são determinados pelas partes interessadas do projeto, todas elas ou as mais importantes e ativas.

Continue lendo “10 Dicas para Coleta de Requisitos”

Resposta PMP XVIII

[polldaddy poll=1750438]

Resposta Correta: Lições Aprendidas. A Verificação do Escopo é um processo de Monitoramente e Controle, que ocorre em paralelo com as demais fazes do ciclo de vida do projeto. Uma vez que o projeto tem todo seu trabalho técnico finalizado, ou seja, todas as entregas foram concluídas, não há mais nada para se monitorar/controlar. O Plano de Respostas a Risco é um documento gerado durante o planejamento do projeto, e atualizado conforme novos riscos vão surgindo durante a Execução. O Plano de Gerenciamento das Partes Interessadas (que é necessariamente um produto do novo processo no PMBoK 4ª edição – Gerenciar as expectativas das Partes Interessadas, componente do Plano de Gerenciamento de Comunicação) também é desenvolvido na faze de Planejamento. O processo de documentar Lições Aprendidas ocorre, teoricamente, na fase de Encerramento, seja de uma etapa do Ciclo de Vida ou do Projeto em si. Como a questão deixa claro em que ponto estamos do projeto (todo o trabalho técnico está finalizado) sabemos que se trata do encerramento. Assim, a única opção cabível é documentar o que falta e arquivar tudo.

Lições Aprendidas: Conjunto de documentos que registra as dificuldades encontradas durante o planejamento, execução e encerramento de um projeto, as ações corretivas adotadas, sua repercussão sobre o projeto e que conclusões foram geradas devido a estas situações. As lições aprendidas também englobam situações ou soluções inusitadas que podem ser replicadas ou esperadas em novos projetos. É um banco de dados da memória dos projetos desenvolvidos e deve ser usada como referência, de forma a evitar que problemas já solucionados se repitam, soluções inventivas se percam e situações inesperadas surpreendam os gerentes, causando problemas.

Lembre-se que as respostas para a certificação devem ser escolhidas sempre pensando na melhor resposta possível. Esta resposta está em conformidade com o material apresentado no PMBoK 4ª Edição.

Leia também: Windows 7 – Lições Aprendidas

Treinamento para certificação PMP, no seu SmartPhone!
Prepare-se para a Certificação PMP no seu próprio ritmo!