Por que Projetos Falham: 20 Dicas para Gerentes de Projetos

Saiu um artigo muito bom na ComputerWeekly, escrito por Tony Collins (clique aqui para ler o original em Inglês), sobre o pesadelo dos gerentes de projeto: projetos que falham. Collins postulou 20 ‘dicas’ práticas, baseadas na observação do dia-a-dia. Além de engraçada, a lista é bastante educativa.

  1. Projetos com orçamentos e cronogramas realistas não são aprovados;
  2. Quanto mais desesperada é a situação, mais otimistas são os relatórios de progresso;
  3. Um usuário é alguém que rejeita o sistema porque é exatamente aquilo pelo que ele pediu;
  4. A diferença entre o sucesso e o fracasso de um projeto é uma boa compania de Relações Públicas;
  5. Nada é impossível para a pessoa que não tem de fazê-lo;
  6. Todo projeto falho e ultra-ambicioso tem por base uma série de pequenos projetos bem sucedidos tentando escapulir;
  7. Um ‘congelamento’ na mudança derrete sempre que pressão é aplicada;
  8. Você entendeu o que eu disse, não o que eu quais dizer;
  9. Se você não sabe para onde está indo, apenas fale sobre especificações técnicas;
  10. Se a princípio você não tiver sucesso, mude o nome do projeto;
  11. Todo mundo quer um gerente de projeto mais forte – até que eles consigam um;
  12. Somente idiotas confessam aquilo que sabem realmente (obrigado Presidente Nixon)
  13. O prior gerente de projetos é aquele que dorme a noite;
  14. Um projeto falido sempre tem benefícios listados no tempo futuro;
  15. Projetos não falham na conclusão, falham na concepção;
  16. Visões normalmente são curáveis;
  17. Projetos ultra-ambiciosos não podem falhar nunca se tiverem inicio, meio, e nenhum fim;
  18. No Governo, nunca punimos o erro, só sua divulgação;
  19. O caminho mais difícil é, a longo prazo, o mais fácil;
  20. Um realista é alguém que está, no momento presente, desapontado com o futuro;

Para ler mais sobre porque projetos falham, clique aqui.