Dumpsheet – Memorizando as fórmulas para o Exame PMP

Dumpsheets - Sua memória fora da memória

Dumpsheets – Sua memória fora da memória

Durante a prova para a certificação PMP, você vai encontrar várias questões que solicitam um resultado específico que só pode ser alcançado através de um cálculo. Enquanto os cálculos são relativamente simples em si, uma das coisas mais comuns é o candidato esquecer a formula.

Todo bom curso preparatório para certificação PMP menciona a dumpsheet, a folha de memória. Nela, o candidato deve colocar todas as fórmulas necessárias para a prova, não correndo assim o risco de esquecer de uma das muitas fórmulas necessárias.

O problema: o candidato entra na sala de exame apenas com um lápis, calculadora e borracha – todos fornecidos pelo centro de exames. Como passar as fórmulas para o papel então?

O segredo está na repetição e memorização. Eu pessoalmente passava horas debruçado sobre um caderno repetindo metodicamente “O PERT é a soma da pessimista com quatro vezes a moderada e a otimista, divididas por 6” enquanto escrevia PERT = (P+(4M)+O)/6). Coloque as fórmulas no papel, e agrupe todas de uma forma que faça sentido para você. Por assunto, área de conhecimento, variáveis usadas… Garanta que não esqueceu nenhuma das fórmulas. Pronto. Você tem seu mapa. Esse será seu modelo e seu gabarito de agora em diante. Não existe jeito fácil de fazer isso. Se quiser passar na prova da certificação PMP, vai ter que se dedicar a criar a dumpsheet – e isso não é a coisa mais divertida do mundo, mas é necessária.

PDU Podcast

Ganhe PDUs sem sair de casa

Depois crie uma “cantilena” – necessariamente recite a formula de forma a garantir o entendimento da mesma. A medida que for escrevendo as fórmulas na daumpsheet, recite a cantilena. No dia da prova, sua cantilena servirá de controle para garantir que não esqueça de colocar nenhuma das fórmulas na folha de memória (confie em mim, se você fizer esse exercício vezes suficientes, vai sentir algo errado sempre que pular uma formula). O resto é prática. Quanto mais vezes você escrever as fórmulas, na sequência, recitando a cantilena, mais fácil vai ser no dia da prova para criar sua dumpsheet.

Antes do início da prova, você tem que passar por um breve tutorial sobre funcionamento do sistema (no caso de provas no computador). Use esse tempo para jogar (dump) as fórmulas da cabeça para uma das folhas (sheet!) do caderno de rascunho fornecido pelo centro de exames. Fazer isso não costuma demorar mais de um minuto e não vai lhe atrapalhar com o tutorial.

E você? Tem alguma dica para memorizar as fórmulas e criar a dumpsheet ou dicas em geral para certificação PMP? Conte para a gente nos comentários!

Um comentário sobre “Dumpsheet – Memorizando as fórmulas para o Exame PMP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *