Certificação do PMI: Eu posso?

Certificado!!!
Certificado!!!

SIM, VOCÊ PODE! Mas antes de colocar as três letrinhas no cartão de visitas, você precisa passar por um processo.

O processo de certificação é (num dia normal) bem simples e sem solavancos e está descrito em detalhes nos guias para certificação (disponíveis, em Inglês, nesta página).

A ficha pode ser preenchida a mão e enviada para os Estados Unidos, ou o processo pode ser feito online pela página do PMI. A parte mais importante é, como se esperava, a dos requisitos para a certificação.

Existe uma coisa a levar em consideração. Cada certificação tem uma “janela” temporal que se fecha no momento em que a ficha é enviada.  Para o PMP, a janela é de oito anos. Se você pretende se certificar em 2015, sua janela é de 2008 a 2015 e toda a experiência profissional deve ser apresentada para este período. A janela para PGmP é de 15 anos. As Certificações PMI-RMP, PMI-SP e PMI-ACP possuem janelas de 5 anos cada – sendo que no caso da PMi-ACP são 5 para as horas em gerenciamento de projetos, mas apenas os 3 anos para as horas em projetos ágeis. A janela também só funciona para anos consecutivos: 2008 a 2015, 2000 a 2007 etc., mas não 1999 a 2000 + 2003 a 2007.

Para certificações que tem como requisito treinamento formal, há a necessidade de indicar a instituição, o curso, o período e a quantidade de horas do curso. Não adianta ter 25 anos de experiência comprovada na área. Este requisito pede treinamento em sala de aula.

  • CAPM: 23 horas de treinamento (em projetos)*;
  • PMP: 35 horas de treinamento (em projetos);
  • PMI-ACP: 21 horas de treinamento (em projetos ágeis);
  • PMI-RMP: 40 horas de treinamento. 30 com graduação (em riscos);
  • PMI-SP: 40 horas de treinamento. 30 com graduação (em planejamento de cronogramas).

Outro requisito é a quantidade de horas de experiência efetiva na área. Esta experiência é necessariamente horas gastas desenvolvimento atividades dentro de projetos (não necessariamente como gerente, mas dentro de um ambiente em que uma metodologia de gerenciamento estava sendo usada). Este requisito tem um requisito em si: uma graduação acadêmica. No caso do candidato possuir uma graduação em qualquer curso com duração de quatro anos (vale tudo, de Direito à Educação Física , Cada certificação tem requisitos diferentes de experiência em horas, mas o processo para todas é o mesmo:

  • Identificar a organização onde a experiência ocorreu;
  • Identificar alguém daquela organização que pode validar o que você está dizendo;
  • Determinar sua função e o a atividade em qual estava engajado;
  • Listar, para cada fase do Ciclo de Vida do Projeto quantas horas foram gastas em cada um dos processos de gerenciamento de projetos;
  • Descrever o projeto e as atividades desenvolvidas.

É necessário que o candidato possua horas em TODAS as fases do ciclo de vida. Abaixo, as necessidades de horas para cada certificação (sem graduação/com graduação):

  • CAPM: 1.500 horas* em projetos;
  • PMP: 7.500/4.500 em projetos;
  • PgMP: 6.000 em projetos e 10.500 em programas/6.000 em projetos e 6.000 em programas;
  • PMI-ACP: 2.000 em projetos ou certificação PMP e 1500 em projetos ágeis ;
  • PMI-RMP: 4.500/3.000 em gerenciamento de riscos;
  • PMI-SP: 5.000/3/500 em gerenciamento de cronogramas.

Atenção para a certificação CAPM. Para a certificação CAPM não há janela e você só precisa atender a um dos requisitos. Ou bem 23 horas de treinamento ou 1500 horas de experiência. A certificação CAPM é a mais simples de atender os requisitos, e as questões da prova testam apenas conhecimento técnico, sem as temidas perguntas situacionais das outras certificações, tornando a certificação CAPM a forma mais rápida de entra no mundo do Gerenciamento de Projetos.

Links para os manuais de certificação disponíveis em Português:

Manual da Certificação CAPM® em Português.

Manual da Certificação PMP® em Português.

O último requisito é muito simples: Aceitar seguir as regras dispostas no Código de Ética do PMI. Pegadinha. O PMI pressupõe que as informações do seu formulário de aplicação já levam em consideração o Código de Ética, ou seja: tudo que está ali deve ser a mais pura e simples verdade. O problema entretanto é que a verdade nem sempre está em conformidade com o Código de Ética. Mas disto falamos no próximo post!

Diego Nei, MBA, PMP®

Diego Nei, MBA, PMP®

Consultor em Gerenciamento de Projetos e Processos. Bacharel em Relações Internacionais, MBA em Gestão de Projetos, Certificado PMP, com domínio de MS Project 2007/2010. Atuação em projetos de porte pequeno e médio em diversas áreas, principalmente no desenvolvimento de treinamentos, implementação de metodologias e acompanhamento de projetos.

13 comentários em “Certificação do PMI: Eu posso?

  • 29 de março de 2013 em 22:58
    Permalink

    Muito obrigado Nei, agora finalmente vou retomar o processo de certificação PMP, eliminadas todas aquelas dúvidas incidentes que haviamos conversado. Abraço!

    Resposta
  • 1 de julho de 2014 em 15:46
    Permalink

    O logotipo do PMI “sem” o titulo de PMP pode ser usado por membros do PMI sem a certificação?

    Resposta
  • 22 de dezembro de 2014 em 20:49
    Permalink

    Boa noite!
    Um MBA em gestão de projetos, resolve o caso das horas comprovadas em projetos?

    Resposta
    • 26 de dezembro de 2014 em 22:01
      Permalink

      Calma lá.

      35 horas de treinamento: Sim, se o curso for baseados nas melhores práticas contidas no PMBoK (e eu acredito que no Brasil, todos são).
      4500 horas de experiência: Não. MBA não é hora gasta trabalhando em projeto.

      Resposta
    • 14 de julho de 2015 em 15:20
      Permalink

      Sim! Você não precisa ser o gerente do projeto, só precisa praticar as melhores práticas. Por exemplo, se você foi o recurso responsável pelo acompanhamento do escopo na durante a execução do projeto, tem horas em Escopo durante Execução e Monitoramento & Controle (e possivelmente em encerramento).

      Boa sorte!

      Resposta
  • 8 de agosto de 2015 em 14:21
    Permalink

    Gostaria de saber de que forma posso adquirir um comprovante para as horas necessárias, pois não atuei na gerencia do projeto e sim na execução delas.

    Obrigado!

    Resposta
    • 25 de agosto de 2015 em 22:53
      Permalink

      Caro Thiago,

      A comprovação das horas de experiência profissional em projetos registradas no ato da candidatura à certificação PMP do PMI, quando solicitada em um processo de auditoria, deve ser feita através de documento assinado pelo seu supervisor ou pelo gerente do projeto indicado.

      Para maiores informações sobre o assunto, consulte o Manual da Certificação PMP disponível na página do PMI Brasil https://brasil.pmi.org/brazil/CertificationsAndCredentials/PMP.aspx.

      Boa sorte!

      Resposta
  • 22 de setembro de 2015 em 17:32
    Permalink

    Boa Tarde,

    Sou Graduado em logística e MBA em Gestão de Projetos. Atuo como responsável pela logística da farmácia de um hospital. Gostaria de saber se, para a certificação CAPM, serviria para experiência exigida (horas)?

    Resposta
    • 23 de setembro de 2015 em 10:38
      Permalink

      A resposta é: Depende.

      Se nas suas atividades você realizou tarefas relacionadas à projetos, essas tarefas (e suas horas) contam. O mesmo valeria para qualquer outra função.

      Recomendo fazer o download da Tabela de Controle de Horas para Certificação PMP na página Recursos e ir controlando as 1500 horas com ela!

      Resposta
  • 26 de outubro de 2015 em 15:23
    Permalink

    Existem boatos acerca de mudança no processo de certificação a partir de 2016… O que tem de verdade nisso? Quais são as possíveis mudanças?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *