PDUs: O que são e como conseguir

PDU Podcast
PDU Podcast

Ok, então você passou na prova da certificação PMP. Agora, a cada três anos você vai ter que passar pelo processo de recertificação. Isso mesmo: Você pode ter que estudar tudo de novo, fazer a prova toda de novo!… Ou pode juntar PDUs.

Os Professional Development Units (unidades de desenvolvimento profissional) são uma forma de medir seu engajamento e desenvolvimento dentro da área de gerenciamento de projetos e são uma alternativa a ter que fazer uma nova prova de certificação para manter o status de PMP (PMI-SP, PMI-RMP ou PgMP).

Em resumo, um PDU equivale a uma hora gasta em alguma atividade de gerenciamento de projetos. A cada três anos (um ciclo), você precisa acumular um total de 60 PDUs para garantir seu processo de recertificação, o que dá mais ou menos 20 PDUs por ano, o que não é assim tão complicado se você sabe onde procurar.

O PMI recentemente reformulou as categorias de atividades que valem PDUs, facilitando muito o processo de acompanhar e registrar suas atividades. Existem dois tipos de PDU, educacionais (que não tem um limite estabelecido por ciclo) e os “Giving Back to the Profession” – retribuindo para a profissão, que tem um limite de 45 unidades por ciclo (para PMPs/PgMPs. PMI-SP e RMP, 20 por ciclo). Os PDUs ainda são separados em categorias, cada uma representando um grupo de atividades.

Educacionais

Categoria A – Cursos Oferecidos por Provedores Autorizados, Comunidades e Capítulos

Cursos e treinamentos oferecidos por capítulos e comunidades do PMI, assim como parceiros registrados como provedores educacionais (R.E.P.s) como a TenStep e IIL. Estes PDUs costumam ser os mais fáceis de conseguir. É só se inscrever para um curso/treinamento, pagar a taxa e comparecer. Como são facilmente verificáveis (é gerado um código para os PDUs) e costumam vir em quantidade (8, 10, até 20 por curso), esta categoria não tem um limite máximo estabelecido por ciclo. Você pode submeter valores fracionados para essa categoria (0.25, 0.5 ou 0,75).

Categoria B – Educação Continuada

Essa categoria é para os cursos e treinamentos oferecidos ou por instituições de ensino superior ou para treinamentos que não sejam de R.E.P.s. Um curso de extensão em Melhores Práticas em Gestão de Riscos ficariam nessa categoria. Você pode submeter valores fracionados para essa categoria (0.25, 0.5 ou 0,75).

Categoria C – Estudo Auto-Dirigido

A última das categorias do grupo educacional é um pouco diferente das demais. Esta categoria abrange as atividades que você pode desenvolver em casa, como a leitura de livros, artigos e revistas sobre gerenciamento de projetos, ouvir podcasts, assistir vídeos e receber instrução informal de colegas de trabalho. Essa categoria tem um limite de 30 PDUs para PMPs/PgMPs (15 para as demais certificações) por ciclo, diferente das A e B que não tem limite. Um exemplo prático: 5 Minutes PM PodCast do Ricardo Vargas. Como o nome já diz, cada episódio tem em média cinco minutos. Logo, você teria que ouvir uns 12 episódios para poder somar uma hora e poder contar como um PDU. No caso desta categoria, gerar anotações e registros que comprovem as atividades é necessário, pois em caso de auditoria, você precisará apresentar provas de que realmente leu o livro/ouviu o podcast/etc.

Giving Back To The Comunity

Categoria D – Criar Novo Conhecimento de Gerenciamento de Projetos

Escrever e publicar um manual/livro/artigo/whitepaper/post pra blog, criar e publicar uma template de documento de projeto, preparar uma apresentação, fazer uma apresentação numa palestra/seminário/curso, servir de moderador para uma mesa de discussão num evento, preparar um podcast/webinar e atividades relativas. Tanto o tempo gasto preparando a atividade quanto o usado executando-a contam para esta categoria. Por exemplo, gastar uma hora criando slides sobre corrente critica e 90 minutos fazendo a apresentação do material contariam como 2.5 PDUs. Ficar mais uma hora respondendo a perguntas da audiência sobre a apresentação, mais 1 PDU.

Categoria E – Trabalho Voluntário

Participar como voluntário para o PMI ou outra instituição de gerenciamento de projetos; prover serviços de gerenciamento de projetos para uma instituição sem fins lucrativos ou instituições de ensino/grupos estudantis.

Categoria F – Trabalho como Profissional de Gerenciamento de Projetos

Essa é, em teoria a mais fácil de fazer. Tão fácil que o PMI decidiu colocar regras próprias para a categoria: Você só pode registrar 5 PDUs por ano nesta categoria e não mais que 15 PDUs por ciclo. Você também deve estar empregado a pelo menos 6 meses.

Auditoria

O PMI trabalha com o conceito da boa fé. Presume-se que todos os certificados aceitam e seguem o Código de ética do PMI, logo, todas as informações que passam são verdadeiras e acuradas. Mas caso os PDUs reportados estejam… Um pouco estranhos… O PMI se reserva o direito de instituir uma auditoria e vai cobrar provas de que as atividades reportadas realmente aconteceram. Como na certificação, a punição é severa: perda do status de certificado e proibição de reiniciar o processo.

Pagar Por PDUs?

Não é necessário. Existem muitos webinars gratuitos na internet e as Categoria C e F permitem que você ganhe mais da metade dos PDUs de que precisa sem gastar um centavo. Os podcasts costumam ser o melhor amigo de quem quer PDUs (especialmente quando se domina a língua Inglesa). Se você assinar, por exemplo, a revista Mundo PM, ou for associado do PMI, vai ter bastante material para PDUs categoria C.

Mas nem todo mundo tem tempo pra escrever um blog, livro, atuar como voluntário, fazer cursos de extensão à noite e ainda ficar pendurado na internet fazendo webinars. Nestes casos, muitas vezes o melhor a fazer é procurar um provedor de conteúdo (como o PDU PodCast, use o código Dec11 para ganhar 20% de desconto na assinatura mensal!) que vai regularmente prover material que possa ser usado e facilmente verificado em caso de auditoria.

Tabela de Registro de PDUs

Para facilitar a vida de vocês, fieis leitores do Papo GP, preparei essa tabela que já vem com um contador de PDUs, limites por ciclo e tudo mais que vocês vão precisar para manter seus PDUs sobre controle.

REGISTRO DE PDUS

Então, boas festas e feliz PDUs a todos!

Diego Nei, MBA, PMP®

Diego Nei, MBA, PMP®

Consultor em Gestão Empresarial, sócio-fundador da DNCE. Certificado PMP®; Bacharel em Relações Internacionais; MBA em Gestão de Projetos; MBA em Gestão de Processos, Qualidade e Certificações; Leader Coach. Atua como consultor em Gestão Empresarial desde 2012, tendo auxiliado na avaliação e alinhamento estratégico do Portfólio de Projetos da Secretaria Para Copa do Mundo 2014 BA (SECOPA-BA) e no acompanhamento da execução das ações resultantes dos mesmos durante os jogos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *